Plantas e Flores Ornamentais

What do we do when we want to show our thankfulness? We send a card, a gift or something like that. But the most traditional thing that we do is to present flowers. They are a universal gift and believe us - even if you are not a fan, it doesn’t matter because it is very pleasant to receive flowers. They are unique and they are worth our admirin...

What do we do when we want to show our thankfulness? We send a card, a gift or something like that. But the most traditional thing that we do is to present flowers. They are a universal gift and believe us - even if you are not a fan, it doesn’t matter because it is very pleasant to receive flowers. They are unique and they are worth our admiring. Flowers are one of the best nature’s miracles because what could be more innocent and more beautiful than flowers?

Mais

Plantas e Flores Ornamentais  Não existem produtos nesta categoria.

Subcategorias

  • Anturios

    Nativo das matas de Nova Granada, na Colômbia, o antúrio foi descoberto em 1876 e faz sucesso na Europa até hoje. É de lá que vem alguns dos híbridos mais coloridos e exóticos, capazes de produzir flores vermelhas, brancas, rosadas, verdes, pretas e estriadas de roxo ou rosa.

    A fama de afrodisíaca vem da espiga ereta e das folhas e flores em forma de coração. Bem, não exatamente "flores": a parte colorida é, na verdade, uma folha modificada chamada "bráctea", semelhante às do bico-de-papagaio. Suas verdadeiras flores ficam agrupadas na espiga e são quase invisíveis a olho nu. Quando a espiga fica cheia de verrugas, é sinal de que as flores vão gerar sementes.

    Como usar o antúrio na decoração e os cuidados com a planta

    Na decoração, o antúrio pode ser usado tanto como planta de vaso quanto de corte, rendendo belos arranjos tropicais. É uma ótima escolha para presentear homens, por ter um desenho simples e elegante. Se for cultivá-lo em vaso, prepare uma mistura de uma parte de terra, uma de areia e duas de composto orgânico, colocando uma boa camada de pedras no fundo para escoar o excesso de água das regas.

    Planta rústica que dá pouquíssimo trabalho, vai bem em ambientes internos e iluminados, mas não suporta sol direto. Para uma folhagem bonita, mantenha a terra úmida na primavera e no verão, diminuindo as regas no inverno. Nos dias de calor intenso, borrife água morna nas folhas e deixe o vaso em cima de um prato cheio de pedras molhadas. Adube a cada quinze dias com fertilizante líquido do tipo NPK (escolha uma formulação que tenha os três números iguais e menores que 10) e replante a cada quatro anos. Aproveite o replantio para acrescentar mais composto orgânico na terra e ampliar o vaso, já que essa espécie é espaçosa.